Quase Inocentes... - Melynda Skinner - Julia 1409

2/19/2010 06:41:00 PM

Para proteger seu querido tio, Leah devolve secretamente os objetos que ele tem o hábito de "tomar emprestado" de pessoas desavisadas. Mas o excêntrico velhinho escolheu o alvo errado... Ao ser surpreendida por um dos convidados do conde de Instep, tentando devolver um pertence roubado, Leah é forçada a concordar em ajudar Jack Morgan a surrupiar da residência do conde uma safira de inestimável valor. É impossível Leah saber se Jack diz a verdade ao garantir que a pedra é sua por direito, assim como é impossível, à medida que a festa avança noite adentro, ignorar o olhar penetrante e o charme sedutor daquele homem. Jack está determinado a reaver o que lhe pertence, e Leah é a pessoa ideal para ajudá-lo. Linda e inteligente, aquela mulher é capaz de realizar façanhas impossíveis... E se Jack se descuidar, logo ela roubará para sempre o seu coração!


Um livrinho interessante. Além de ser narrado em primeira pessoa, o "mocinho" é quem narra boa parte do livro. Ele não tem nada de convencional já que é/era um ladrão profissional, com uma estória de vida triste, que com certeza deve ter sido mais detalhada no livro original; ele apelidou Leah de Cerejinha. Achei uma graça.
É um livro light, com uma estória diferente e legal.


Título original: 





Um comentário:

Lariane disse...

mocinho narrando? gostei@!

Tecnologia do Blogger.